A CONDIÇÃO DA POLÍTICA SOCIAL DE ASSISTÊNCIA BRASILEIRA NO ÂMBITO DA CRISE ESTRUTURAL DO CAPITAL E DA ESTRATÉGIA NEOLIBERAL

Marciana Gomes dos Santos

Paulynne Albuquerque Souza

Este estudo tem por objetivo discutir a condição da política social de assistência brasileira no âmbito da crise estrutural do capital e da estratégia neoliberal. Um dos motivos que nos conduziu a desenvolver esta temática foi devido à posição estratégica que a política social de assistência desempenha historicamente no processo de formação e intervenção dos assistentes sociais. Além deste, fomos também estimuladas a pesquisar sobre este assunto com vistas a suficientemente compreender as inquietações e os desafios vivenciados nas nossas experiências de estágio supervisionado, as quais ocorreram em instituições assistenciais. Desse modo, o interesse em conhecer mais profundamente as causas subjacentes às mudanças regressivas, ocorridas no campo das políticas sociais em geral e, mais particularmente, as relacionadas à assistência – que tivemos oportunidade de conviver no âmbito da nossa prática de estágio –, nos impulsionou a realizar esta investigação. Para tal propósito, passamos a encaminhar os procedimentos de ordem técnica, teórica e metodológica, visando operacionalizá-la.

​ISBN: 978-85-52962-04-5

Nº de pág.: 128

EDITORA PHILLOS | CNPJ: 29.282.901/0001-03 
AV. SANTA MARIA,  PARQUE OESTE, 601. GOIÂNIA- GO. CEP. 74.486-450
www.editoraphillos.com.br | editoraphillos@gmail.com 
©2017 por Editora Phillos. - Todos os direitos reservados.