A FILOSOFIA NO ENSINO MÉDIO COMO VERTENTE DA FORMAÇÃO HUMANÍSTICA

Uma análise à luz do pensamento heideggeriano

JOSÉ LUCAS DE OMENA LANA LISIÊR PALMEIRA 

As leis sancionadas pelo governo brasileiro no intuito de inserir a filosofia como disciplina obrigatória do nível médio desperta na segunda década desse século um reencanto pela disciplina. Com isso, faz-se necessário uma investigação pedagógica de caráter introdutório.

Neste contexto, percebemos que a noção de “introdução à filosofia” do filósofo alemão Martin Heidegger pode ser interpretada em justificativas didáticas e pedagógicas, pois a inserção da disciplina é analisada pelo Parâmetro Curricular Nacional (PCN) como condição de introdução à filosofia, que na interpretação que fazemos de Heidegger revela-se em condições existenciais.

Willames Frank da Silva Nascimento

JEAMERSON DE OLIVEIRA SILVA

​ISBN: 978-85-52962-41-0

Nº de pág.: 96

EDITORA PHILLOS | CNPJ: 29.282.901/0001-03 
AV. SANTA MARIA,  PARQUE OESTE, 601. GOIÂNIA- GO. CEP. 74.486-450
www.editoraphillos.com.br | editoraphillos@gmail.com 
©2017 por Editora Phillos. - Todos os direitos reservados.