CONHECIMENTO & EDUCAÇÃO NA MODERNIDADE 

ENSAIOS CRÍTICOS

CIRO BEZERRA

CLAUDIO DA COSTA

Nas três últimas décadas do século XX, decorrente de contínuas erupções de inovações tecnológicas, que jorravam desde o período entre Guerras na indústria armamentista de destruição em massa, intensificou-se o ritmo do desenvolvimento das forças produtivas, impulsionado pela mobilização da ciência como estratégia de acumulação de capital. Tal fato revelou o quanto educação e desenvolvimento estão interligados. Esse entrelaçamento acabou resultando na necessidade de se elaborar políticas educacionais para promover o desenvolvimento econômico do capitalismo. Aos poucos as “organizações culturais sociais”, que inclui as instituições escolares, embutidas no coração do sistema cultural dos Estados Nacionais (GRAMSCI, 1980), se manifestaram como componentes fundamentais naquele lócus em que as pessoas circulam como mercadorias no mercado de trabalho.

Com a revolução científica as atividades vinculadas ao conhecimento se elevaram à condição pública e ganharam o mundo com a descoberta da imprensa. Para os produtores de conhecimento passou-se a oferecer distinção, status, recursos para realização de estudos, tempo para realizar pesquisas e experiências em laboratórios, bem como inventar instrumentos de medida e verificação. Mas para ter acesso a tudo isso aquele que pretendesse galgar a posição de produtor de conhecimentos precisava ser reconhecido por seus pares, publicar os resultados das pesquisas realizadas, socializar o conhecimento e ter a coragem de enfrentar a crítica. Isso muitas vezes levou a lutas, duelos e a própria morte.

ISBN: 978-85-52962-86-1

Nº de pág.: 304

Willames Frank da Silva Nascimento

JEAMERSON DE OLIVEIRA SILVA

EDITORA PHILLOS | CNPJ: 29.282.901/0001-03 
AV. SANTA MARIA,  PARQUE OESTE, 601. GOIÂNIA- GO. CEP. 74.486-450
www.editoraphillos.com.br | editoraphillos@gmail.com 
©2017 por Editora Phillos. - Todos os direitos reservados.